30 de junho de 2021

Thiago “Pitbull” Alves se torna o 1° brasileiro campeão mundial de boxe ‘sem luvas’


O brasileiro Thiago “Pitbull” Alves fez história na noite de 26 de junho de 2021 ao se consagrar duplamente. Além de se tornar o primeiro campeão dos médios do Bare Knuckle Fighting Championship, ele também pode se orgulhar do fato de ser o primeiro brasileiro à conquistar um cinturão de campeão mundial na modalidade conhecida como boxe ‘sem luvas’.

Nascido em Fortaleza-CE, ele fez a sua estréia no MMA quando as competições desse esporte ainda eram realizadas no antigo formato de “Vale Tudo”. Com apenas 15 anos de idade, Thiago já lutava com atletas de 25 à 30 anos e era temido também nos torneios de Kickboxing. Posteriormente, mudou-se para os EUA e chegou à disputar o cinturão dos meio-médios ( até 77kg. ) do UFC ( em 2009 ). Já em setembro de 2020, depois de quase 15 anos no Ultimate, estreou no Bare Knuckle Fighting Championship, organização presidida por David Feldman, quando superou Julian Lane.

No último sábado do mês de junho, no Bare Knuckle FC 18, disputado em Miami, Flórida, EUA, Alves venceu uma batalha sangrenta contra Ulysses Diaz e levou o título da categoria, inédito para o nosso país.

O cearense começou o combate de maneira agressiva, mas sofreu com os ataques do adversário, que inclusive o derrubaram em uma ocasião. Os dois atletas ficaram ensanguentados logo no primeiro round. No round seguinte, o cubano derrubou o representante da American Top Team restando um minuto para o fim da parcial. “Pitbull”, no entanto, logo se levantou e voltou para a ‘trocação’. No terceiro round, o brasileiro voltou muito melhor que o adversário, chegando à aplicar-lhe três ‘knockdowns’ ao longo do último período, até que o árbitro decidiu paralisar a disputa para preservar a integridade física de Ulysses, que não se recuperou dos duros golpes que sofreu.

O BKFC 18 contou ainda com outras três disputas de título. Entre estas, destacamos a luta do peruano Luis “Baboon” Palomino, muito conhecido no sul da Flórida por sua carreira no MMA. Ele já ostenta um ‘registro’ de 3-0 ( 3 KO’s ) em lutas de “Bare Knuckle Boxing” e manteve o cinturão dos leves do BKFC por decisão unânime após os cinco rounds da luta com Tyler Goodjohn. Segundo a mídia especializada, Palomino continua provando que é o melhor ‘absoluto’ no esporte.

Já entre as mulheres, o destaque ficou para a ex-competidora do UFC Pearl Gonzalez que fez sua estreia no BKFC contra Charisa Sigala ( 0-1 ). Gonzalez pressionou a ação ao longo da luta e venceu por decisão unânime dos juízes ( 50-45, 50-45, 50-45 ). Após a luta, Gonzalez creditou a “mudança para o Brooklyn, onde treina com o Team Serrano” como uma virada de jogo em sua carreira.

Para detalhes adicionais sobre o BKFC 18, bem como maiores informações sobre os próximos eventos, favor acessar o site oficial da franquia : www.Bareknuckle.tv

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 30/06/2021
_
Legenda : O cearense conquistou o título da categoria, inédito para o nosso país.
Foto acima : ( Créditos | Cortesia : ( C ) Acervo pessoal Thiago “Pitbull” Alves | ( C ) Bare Knuckle Fighting Championships | Reprodução Instagram ).

Legenda : A ex-competidora do UFC Pearl Gonzalez fez sua estreia no BKFC 18.
Foto abaixo : ( Créditos | Cortesia : ( C ) Bare Knuckle Fighting Championships | Divulgação ).