26 de janeiro de 2021

Brasília-DF sediou o retorno do WGP Kickboxing no último sábado

 


No sábado, 23 de janeiro, tivemos o retorno em grande estilo do WGP Kickboxing, em sua primeira edição regional, em Brasília-DF. A promoção voltou à ativa depois de mais de um ano de inatividade por conta da pandemia do Covid-19.

O WGP Brasília foi realizado seguindo todos os protocolos e medidas de segurança para prevenção contra o novo coronavírus ( Sars-Cov-2 ),  responsável pela doença Covid-19. Também não foram comercializados ou distribuídos ingressos, uma vez que não seria permitida a presença de qualquer tipo de público.

O evento na capital nacional foi viabilizado através de emenda parlamentar do Deputado Distrital Martins Machado, destinada à Secretaria de Esportes e Lazer do Distrito Federal. O Deputado Martins tem apoiado constantemente, não somente ações de desenvolvimento do esporte Kickboxing, mas também de muitos outros esportes. 
Também não podemos esquecer de citar o apoio do Deputado Júlio César Ribeiro.

O maior show de ‘trocação’ do Brasil na atualidade foi novamente realizado pela CBKB, com chancela internacional da WAKO Pró e contou com a transmissão ‘ao vivo’ dos canais Bandsports, Combate e Fox. 

Esta edição do WGP na capital federal reuniu, além de atletas “rodados”, novos valores do Kickboxing brasileiro, notadamente do DF, que tem se destacado muito no cenário competitivo a modalidade.

O ‘card’ coroou dois novos campeões dos torneios eliminatórios do WGP, que tiveram que vencer duas lutas na noite ( cada ). André Martins ( até 71,8kg ) e Júlio Assunção ( até 64,5kg ), que venceram ( nas finais ) Geova Sabino e Mateus Pereira, respectivamente.
Assim sendo, o primeiro levou para casa o título de campeão do GP dos meio médios ( até 71,8kg ), enquanto Assunção, o grande prospecto da região centro-oeste do Brasil, tornou-se campeão do GP dos super leves ( até 64,5kg ).

Nas ‘Special Fights’ o duelo entre Guilherme Monteiro e Wellington Mourão foi muito intenso, com bons momentos para os dois lados. Ao final dos três rounds, melhor para Guilherme, que obteve a vitória por decisão unânime em uma das melhores lutas da noite.

Entre os lutadores da categoria peso pesado, Guilherme Julio fez bonito ao dominar e mostrar muito preparo físico para vencer João Pedro Simão por decisão unânime.

Já Rafael Andrade foi superior a Bruno dos Santos em boa parte da luta e levou a vitória por decisão dividida.

O evento contou ainda com outras cinco lutas no “Undercard” ou ‘card’ preliminar, com destaque para o triunfo de Reginaldo Brito por nocaute diante de Yuri Pereira.

WGP Kickboxing Brasília
Sábado, 23 de janeiro de 2021
Brasília-DF, Brasil

CARD PRINCIPAL:
Andre Martins venceu Geova Sabino por nocaute aos 2m45s do R3
Julio Assunção venceu Mateus Pereira por decisão unânime
Guilherme Monteiro venceu Wellington Mourão por decisão unânime
Guilherme Julio venceu João Pedro Simão por decisão unânime
Rafael Andrade venceu Bruno dos Santos por decisão dividida
Geova Sabino venceu Jeremias Henrique por decisão dividida
André Martins venceu Elder Dias por nocaute aos 2m30s do R2
Mateus Pereira venceu Meijy Portela por decisão unânime
Julio Assunção venceu João Pedro Moreira por decisão unânime

CARD PRELIMINAR
Reginaldo Brito venceu Yuri Pereira por nocaute
Lucas Silva venceu Celso Ribeiro por pontos
Rony Henrique venceu Pedro Victor por pontos
Hiago Pereira venceu Rômulo Araújo por pontos

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 26/01/2021
_
Foto acima : André Martins foi um dos destaques do WGP Brasília. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Honney Pereira | ( C ) WGP Kickboxing | ( C ) CBKB | ( C ) WAKO Pró | Divulgação ).

Abaixo : O ‘flyer’ de divulgação do WGP Brasília ( WGP BSB ) realizado em 23 de janeiro. ( Créditos | Cortesia : ( C ) WGP Kickboxing | ( C ) CBKB | ( C ) WAKO Pró | Divulgação ).



24 de janeiro de 2021

Veja os resultados e destaques do ONE : “Unbreakable” realizado em Singapura

 


O ONE Championship iniciou a sua programação de 2021 na sexta-feira ( 22 de janeiro ) retornando para a sua base no Singapore Indoor Stadium, em Singapura, local do ONE Championship: “Unbreakable”. 
O evento foi transmitido ‘ao vivo’ no aplicativo do ONE e no canal da franquia no YouTube. 
Além disso, a promoção seguiu todas as recomendações dos órgãos de saúde.

No ‘headliner’ da noite tivemos uma disputa pelo título de Kickboxing na categoria peso galo do ONE, onde Alaverdi Ramazanov enfrentou Capitan Petchyindee Academy. 

O primeiro round foi uma ‘blitz’ de ambos os lados, mas foi a pressão para a frente de Petchyindee que trouxe problemas para Ramazanov. Esses problemas aumentaram no segundo round, com a “estrela tailandesa” cravando caneladas nas pernas e no corpo do russo repetidamente. Eventualmente, com Ramazanov contra o ‘cage’, Capitan desferiu um “gancho” de direita no corpo e um direto de direita na cabeça para colocar o campeão no chão e levar o seu cinturão para casa aos 1:56 do segundo round.

Para aqueles que buscam a sua “dose” de ‘adrenalina’ nas artes marciais mistas, o ‘card’ trouxe a “lenda japonesa” das finalizações, Shinya Aoki, diante do ex-campeão dos médios do Legacy Fighting Alliance, James Nakashima. 
Aoki machucou Nakashima com um golpe direto na cabeça. Com os dois lutadores no ‘clinch’, Aoki também usou alguns “underhooks” para castigar Nakashima. Na sequência, Aoki pegou as costas do seu adversário. Uma vez “mochilado”, foi uma questão de segundos para Nakashima tornar-se mais uma vítima do homem que quebrou o ‘recorde’ de maior número de finalizações na história de ONE, que agora é de 46-9, enquanto Nakashima cai para 12-2. 
Após a luta, Aoki estava em lágrimas.

Por sua vez, Gadzhimurad Abdulaev não perdeu tempo em sua luta com o ex-campeão dos meio médios do ONE, Zebaztian Kadestam, ao pegar as costas e aplicar um mata-leão, melhorando o seu “cartel” como profissional para 6-0.

Em outra disputa de MMA da noite, a chinesa Meng Bo garantiu uma vitória por decisão unânime sobre a brasileira Samara Santos. Bo demonstrou boa “trocação” e exibiu suas habilidades na luta “agarrada” com um arremesso de quadril já no segundo round. No término da luta, Bo dominava, castigando a sua adversária da montada. Seu ‘recorde’ agora é de 17-5, enquanto Samara cai para 11-8-1.

Já o filipino Lito Adiwang iniciou o primeiro round de sua luta desferindo alguns chutes poderosos nas pernas e no corpo ex-campeão do Deep, Namiki Kawahara. Ele também mostrou excelente defesa de queda quando o japonês optou por tentar derrubá-lo. Ele definiu a luta ao seu favor com um soco já no segundo round.

ONE Championship : “Unbreakable”
Sexta-feira, 22 de janeiro de 2021
Singapore Indoor Stadium
Kaalang, Singapura

Kickboxing: Capitan Petchyindee Academy venceu Alaverdi Ramazanov por nocaute aos 1:56 do segundo round - título dos galos
MMA : Shinya Aoki venceu James Nakashima por finalização ( mata-leão ) aos 3:41 do primeiro round
Kickboxing: Rade Opačić venceu Bruno Susano por “TKO” aos 1:11 do segundo round
MMA : Gadjimurad Abdulaev venceu Zebaztian Kadestam por finalização ( mata-leão ) aos 2:09 do primeiro round
MMA : Bo Meng venceu Samara Santos por decisão unânime
MMA : Lito Adiwang venceu Namiki Kawahara por nocaute aos 2:02 do segundo round

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 24/01/2021
_
Foto acima : A chinesa Meng Bo voltou à vencer no evento. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).

Abaixo : O evento seguiu todas as recomendações dos órgãos de saúde. No flagrante, Meng Bo e a brasileira Samara Santos. ( Créditos | Cortesia : ( C ) ONE Championship | Divulgação ).



20 de janeiro de 2021

Nova promoção de MMA The Beast Championship estreia na Coréia do Sul

 


As mulheres não são estranhas à discriminação no local de trabalho - mesmo que este seja um octógono de artes marciais mistas. País onde a discriminação de gênero no ‘cage’ é notória, a Coréia do Sul lançará uma nova promoção de MMA em 27 de fevereiro.

Trata-se do The Beast Championship 1 ( TBC 1 ), show que terá transmissão “ao vivo” no YouTube.

A promoção pretende dar a sua contribuição no combate à discriminação de gênero - dentro e fora dos ‘cages’ e octógonos - ao escalar a luta entre as atletas da categoria feminina Yerin Hong e Inyeong Choi. 

Yerin Hong ( 2-1 no MMA ) é uma veterana na promoção japonesa Pancrase e vem de recente vitória contra Kyo Lin Kim no evento local Zeus FC 5. Ela está em 12º lugar entre 45 mulheres ativas no MMA da Coreia do Sul ( peso por peso ).

Já a sua adversária Inyeong Choi fará a sua estreia no MMA Profissional. A luta será na categoria peso palha. Não por acaso, a luta será o ‘co-main event’ ( ou “evento co-principal” ) do ‘card’.

Também entre as mulheres, Eun Bi Cho ( 0-3-0 ) lutará com Kyo Lin Kim ( 1-3-0 ).

Gostaríamos de destacar ainda a participação do veterano do UFC Will Chope ( 38-17 ) que enfrentará Min Hyuk Lee ( 5-2 ) em uma luta na categoria peso leve.

Outra luta digna de destaque será entre os pesos pesados Myung Hwan Kim ( 2-1-0 no MMA profissional e 5-1 no MMA amador ) e Seung Jun Lee ( 1-2-0 no MMA profissional e 2-2 no MMA amador). 
Os dois lutadores atravessam momentos distintos na carreira. 
Kim vem de vitória sobre Jung Kyun Kim no Angel’s Heroes 3, que teve lugar em Gangnam, na Coréia do Sul , enquanto Lee amarga uma derrota sofrida para Dzhambulat Dzutsev no MFP: Governor’s Cup, realizado em Vladivostok, na Rússia.

O ‘main event’ ( ou “evento principal” ) do TBC 1 será um duelo entre o invicto Chang Ho Lee ( 6-0 )-que lutou apenas uma vez em 2020 e conquistou vitória por decisão sobre Sung Joo Hwang no Zeus FC 3- e Joo Hwan Kim ( 6-2 ), vindo de uma recente vitória sobre o  invicto  lutador tailandês Saharat Khongsawat no ONE Warrior Series 9. Kim irá descer uma divisão para esta luta na categoria peso mosca.

The Beast Championship 1 
27 de fevereiro de 2021
TBA, Coréia do Sul

Chang Ho Lee x Joo Hwan Kim
Yerin Hong x Inyeong Choi
Myung Hwan Kim x Seung Jun Lee 
Brennan Cleveland x Chul Ahn 
Hyo Je Cho x Sang Min Park 
Min Hyuk Lee x Will Chope 
Eun Bi Cho x Kyo Lin Kim 
Tareyoon Kang x Myeungju Lee 
Chan Jung Park x Harang Choi 

( *o ‘card’ é sujeito à alterações )

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 20/01/2021
_
Foto : Yerin Hong enfrenta Innyeong Choi no The Beast Championship 1 em 27 de fevereiro. ( Cortesia | Créditos : ( C ) The Beast Championship | Divulgação ). 

15 de janeiro de 2021

Saiba como andam os preparativos para os Jogos Olímpicos de Tóquio

 


O Comitê Olímpico Internacional ( COI ), o Japanese Olympic Committee ( JOC ) e o governo do Japão tentaram assegurar ao público do país nipônico que as Olimpíadas de Tóquio, previstas para ocorrer entre 23 de julho e 8 de agosto,  serão realizadas apesar das indefinições quanto aos riscos da pandemia de Covid-19.

Os pronunciamentos se dão após os Jogos Olímpicos - adiados pelo coronavírus - perderem mais apoio popular para a sua realização.

Duas pesquisas realizadas em julho mostraram que a maioria da população acha que o evento deveria ser adiado novamente ou cancelado, enquanto uma pesquisa divulgada em dezembro pela emissora nacional NHK revelou que apenas 27 % dos entrevistados apoiaram a realização dos Jogos em 2021.

E em uma pesquisa nacional realizada pela agência de notícias Kyodo News no domingo ( 10 de janeiro ), cerca de 35% das pessoas disseram que eram a favor do cancelamento total, enquanto cerca de 45% disseram que o evento deveria ser adiado uma segunda vez.

Apesar disso, os organizadores do Tóquio 2020 disseram que outro adiamento está fora de questão e insistem que os Jogos continuarão, apesar do estado de emergência declarado na área da grande Tóquio na semana passada devido ao aumento de casos de Covid-19. 

Eles deram alguns detalhes e disseram que os planos detalhados serão revelados na primavera. 

O que podemos afirmar é que - caso sejam mesmo realizados - os atletas podem esperar que estes jogos sejam muito diferentes dos anteriores devido à pandemia.

Yoshiro Mori, presidente do Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio 2020, disse em uma palestra ‘online’ realizada pela mesma agência de notícias Kyodo News na terça-feira ( 12 ), que será preciso esperar até março para saber se os fãs, sejam estes torcedores locais ou vindos do exterior, serão permitidos.

Há ainda um dilema envolvendo a imunização dos atletas: o COI declarou que não será obrigatória a vacinação, mas os organizadores locais desejam que os países encaminhem os participantes já vacinados.

Já as isenções que permitem que atletas estrangeiros treinem no Japão antes dos Jogos Olímpicos estão suspensas até 7 de fevereiro, data programada para o fim do estado de emergência do coronavírus na capital, Tóquio, e outras cidades importantes.

Por sua vez, o primeiro-ministro do Japão Yoshihide Suga declarou na semana passada que o seu país está comprometido em realizar uma Olimpíada “segura”.

Os defensores de um novo adiamento das olimpíadas se apoiam no fato que os Jogos Olímpicos costumavam ser realizados com os Jogos de Inverno e Verão no mesmo ano. Posteriormente, estes foram divididos com os Jogos de Inverno e Verão de 2 em 2 anos. 

Se os Jogos de Tóquio forem adiados para 2022, os Jogos Olímpicos terão os Jogos de Inverno e Verão de volta no mesmo ano. Isso pode ser melhor no longo prazo, por necessidade.

Não custa lembrar que o Japão tem uma população de 126 milhões de habitantes.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 15/01/2021
_
Foto acima : Uma pesquisa de opinião revelou uma queda no apoio à realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio este ano. ( Créditos | Cortesia : ( C ) AFP | Divulgação ).

Abaixo : Região de restaurantes em Tóquio em 15 de janeiro de 2021. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Kim Kyung-Hoon | ( C ) Reuters ).



13 de janeiro de 2021

CIRCUITO NORDESTINO ANUNCIA NOITE DE GALA DOS SUPER LEVES NORDESTINOS


 OS ATLETAS MATHEUS YURI E WILL JONES VÃO SE ENFRENTAR  NUMA PREVISÃO DE 10 ROUNDS VALENDO O TITULO E CINTURÃO NORDESTINO DE BOXE PROFISSIONAL NA CATEGORIA DOS SUPER LEVES ATÉ 63KG, PARA MATHEUS YURI SERÁ A TENTATIVA DO SEGUNDO CINTURÃO DA CATEGORIA ACIMA DOS LEVES NA QUAL ELE É O ATUAL CAMPEÃO, PARA WILL JONES É SUA ESTREIA COMO PROFISSIONAL NA TENTATIVA DE SE CONSAGRAR O CAMPEÃO DO NORDESTE DOS SUPER LEVES, APÓS O GOVERNO BRASILEIRO INICIAR OFICIALMENTE SEU PROGRAMA DE VACINAÇÃO E AFROUXAMENTO DAS MEDIDAS CONTRA O COVID-19 OS ATLETAS INICIAM SUAS PREPARAÇÕES DE RETORNO AOS RINGUES E A TVRINGSPORTS FARÁ A TRANSMISSÃO EXCLUSIVA EM SEU CANAL VIA PAY-PER-VIEW 1, ESTA LUTA COM UMA NOVIDADE A TORCIDA INDIVIDUAL DE ATLETAS NA QUAL PESSOAS LIGADAS AOS ATLETAS PODERÃO TORCER DIRETAMENTE A SEU ATLETA PREFERIDO O BENEFICIANDO DIRETAMENTE, A ORGANIZAÇÃO DO CIRCUITO NORDESTINO EVENTO HOMOLOGADO PELA ORGANIZAÇÃO IBFed DIVULGARÁ DATA E LOCAL ONDE SERÁ REALIZADO, CONFORME O PROTOCOLO DA ORGANIZAÇÃO A LUTA JA SE ENCONTRA REGISTRADA  NO SITE DA IBFed, CONFORME AS RESTRIÇÕES FOREM AMENIZADAS E AO INICIO DAS CAMPANHAS DE VACINAÇÃO A PROMOÇÃO DEVE INDICAR A DATA PREVISTA!